quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Festas religiosas em diferentes religiões!!

Olá, depois de vermos um pouco sobre os ritos religiosos em algumas religiões é importante que entendamos que o rito é essencial em uma comunidade de fé. E cada um deve observar sua própria religião e perceber que esta está repleta de ritos. E desses ritos, os mais alegres, que animam as comunidades religiosas são as festas religiosas. Elas congregam pessoas, celebram acontecimentos importantes, reúnem famílias, enfim, são as festas religiosas que dão vida as religiões. Vamos conhecer um pouquinho sobre algumas festas das principais tradições religiosas do mundo. Quem quiser contribuir estamos abertos a sugestões.Por enquanto repassamos um texto tirado do site da wikipedia sobre a festa do RAMADÃ.




O Ramadão ou Ramadã também grafado Ramadan (em árabeرَمَضَان) é o nono mês do calendário islâmico. É o mês durante o qual os muçulmanos praticam o seu jejum ritual (suam, صَوْم), o quarto dos cinco pilares do Islão (arkan al-Islam)[1].
O jejum é obrigatório a todos os muçulmanos que chegam à puberdade. A primeira vez em que um jovem é autorizado a jejuar pelos pais constitui um momento importante na sua vida e uma marca simbólica de entrada na vida adulta[1], tendo em vista o que diz no Alcorão:
"... e aquele dentre vós que presenciou a Lua Nova deste mês (Ramadan), deverá jejuar, e aquele que se encontrar enfermo ou em viagem, jejuará depois o mesmo número de dias...". Alcorão Sagrado (Surat Al-Baqara - C.2, )
Há várias justificativas válidas para não jejuar: enfermidade, gravidez, lactante, menstruação, o idoso ou uma doença incurável. Se o jejuante comer, beber, ou tiver relação sexual durante o período do jejum, este será anulado. Caso este venha a quebrar inadequadamente seu jejum é obrigatório ao crente jejuar durante 60 dias seguidos.
O jejum é observado durante todo o mês, da alvorada ao pôr-do-sol, o jejum também aplica-se às relações sexuais. O crente deve não só abster-se dessas práticas como também não pensar nelas e manter-se concentrado em suas orações e recordações de Deus, sendo neste mês a freqüência mais assídua à mesquita. Além das cinco orações diárias (salá), durante esse mês sagrado recita-se uma oração especial chamada Taraweeh (oração noturna)[1].O jejuador deve abster-se de tudo que vai contra a moral, pois o jejum é visto como uma grande prática de disciplina e da doutrina, tanto espiritual como moral. A ação não se limita somente à abstinência de comer ou beber, mas também de todas as coisas más, maus pensamentos ou maus atos. O jejuador deve ser indulgente se for insultado ou agredido por alguém, deve evitar todas as obscenidades, ser generoso, bem mais do que os outros meses e aumentar a leitura do Alcorão.
EId al Fitr (Árabe: عيد الفطر) - ("o banquete do término do jejum"), ocorre quando a lua nova é avistada no céu, isto quer dizer que o mês deShawwal inicia-se, dando fim ao mês de Ramadan. No primeiro dia do mês deste novo mês, ocorrem feriados de 3 dias consecutivos. Está prescrito a distribuição de alimentos para os pobres, banquetes são servidos, presentes são trocados, roupas novas são vestidas e os agradecimentos a Deus são efetuados, congregando amigos e familiares. Em muitas cidades islâmicas grandes celebrações são realizadas para celebrar o EId al Fitr.




HANAMATSURI- FESTA DAS FLORES (no Budismo)



O festival das flores, Hanamatsuri, é realizado desde 1966 no bairro da Liberdade. É uma promoção conjunta da Federação das Seitas Budistas no Brasil (entidade que congrega as seis tradicionais seitas budistas) com a ACAL – Associação Cultural e Assistencial da Liberdade.
É realizada anualmente no mês de abril e celebra a data do nascimento do Buda Xaquiamuni. A imagem do pequeno Buda é exposto num altar decorado com flores, e as pessoas dão um banho nele com o chá doce.
No final do evento, um cortejo desfila pela rua Galvão Bueno, acompanhando um grande elefante branco sobre o qual está a imagem do pequeno Buda. O elefante branco teria aparecido num sonho da rainha, mãe de Xaquiamuni, anunciando o nascimento de Buda.

O texto abaixo foi escrito pelo monge Francisco Handa para a revista do 39º Hanamatsuri, que foi realizado de 4 a 9 de abril de 2005.

"Hanamatsuri

Segundo reza a tradição, o Buda Shakyamuni nasceu no quarto mês quando no céu surgia a lua cheia de primavera. Deslocando-se para o país de Koliya, sua terra natal, a rainha Mayadevi sentiu as pontadas do parto quando atravessava o Jardim Lumbini. Foi quando pediu para repousar, pois a viagem tinha sido árdua. Ao dobrar o corpo para deitar-se viu adiante uma flor que despontava num ramo. Foi neste instante que as contrações aumentaram e deu nascimento a um menino. Uma chuva de pétalas e néctar caiu naquele momento e dos cantos da terra se fez soar um brado anunàando a boa nova. Chamaram a criança de Sidharta.
Assim, repetindo o acontecimento os seguidores do budismo do mundo todos comemoram o Vesak, no Japão conhecido por Festa das Flores ou simplesmente Hanamatsuri. Ocasião de grande festividade, em que num altar decorado com tIores a imagem do Buda Menino é devidamente instalado. Aqueles que pretendem homenageá-lo, dirigem-se até o altar, e numa concha recolhem chá adocicado que é derramado sobre a cabeça do Buda. Repetem este movimento por três vezes, fazendo pedidos como a realização de sonhos; pedem saúde e proteção. Esta versão popular, muitas vezes é substituído por um motivo filosófico: ao se banhar o Buda, estamos banhando a nós próprios.
Assim, purificamos o nosso coração e podemos avaliar a nossa conduta perante a vida.
Uma cerimônia acontece em 8 de abril, dia do nascimento (ou data próxima), com os representantes de inúmeras tradições budistas, saindo em cortejo pelas ruas do Bairro da Liberdade - em se tratando do município de São Paulo.
Então, um andor com a imagem do Buda Menino é posto nas costas de um elefante branco. Crianças vestidas como os pequenos do Nepal, onde Buda nasceu, simulam puxar o carro em que vai o elefante. Atrás os monges de diversas tradições reúnem-se para acompanhar o cortejo.
Bem termina a cerimônia do nascimento de Buda, a população que veio prestigiar recebe de brinde ramalhetes.
Encerra-se com grande entusiasmo, principalmente com a oportunidade de comemorar o nascimento do Ser lluminado.
Não apenas daquele, mas de sua natureza em todos os seres vivos.
Fonte: www.culturajaponesa.com.br

domingo, 31 de julho de 2011

Ritos sagrados, essência das religiões!

Pra inicio de conversa, o rito faz parte da vida de todos. É toda ação ou gesto que fazemos de forma repetitiva ,e que tem como finalidades reforçar, aprender e lembrar de nossas experiências. No contexto religioso o rito se torna sagrado a medida em que marca uma passagem de estado de vida para outro e torna o fiel cada vez mais em sintonia com o transcendente (Deus). É o caso do batismo, casamento, velório, etc. Os ritos sagrados acompanham nossa vida desde o nascimento até a morte.Cada tradição religiosa, procura manter a fé e esperança de sua comunidade realizando seus ritos. Religião nenhuma sobrevive sem ritos. Cabe a cada um de nós respeitar os ritos sagrados que existem e procurar manter aqueles que fazem parte da religião de cada um.
No link de vídeos sobre ritos sagrados, o 7º ano vai escolher um dos vídeos e postar um comentário aqui no blog ou no caderno de atividades.

domingo, 10 de julho de 2011

Trabalhando o "dia do amigo"

Com o tema "dia do amigo" eu procuro trabalhar com todas as turmas, do 6º ao 9º ano. Em duas aulas dá para desenvolver o tema.
1º-Inicio uma conversa com a turma, perguntando a cada um:
"Qual a importância dos amigos em sua vida?"
"Como a amizade pode influenciar a nossa vida?"

2º- Resumo os comentários e proponho a seguinte atividade:
A turma será distribuída em 7 grupos. Cada grupo executará uma tarefa. No final, cada um apresentará o que fez para a turma.As tarefas são sorteadas para cada grupo.
1- Criar frases sobre Amigo ou amizade.
2- Contar uma história de amizade
3- Cantar uma música que fale de amizade
4- Organizar um cartaz sobre amizade.
5- Completar as frases: Um bom amigo deve... Ser amigo é.....
6- Apresentar 3 gestos de amigo
7- Criar uma oração por um amigo

3º- A atividade pode culminar com troca de mensagens, música,etc.

Dia do amigo! Que data especial!!!

Amigo é aquele anjo que nos faz crescer...
E não aquele que esta ao nosso lado somente nas horas de prazer
Amigo é aquele que nos faz chorar
e não aquele que nos diz coisas somente para agradar
Amigo é aquele que nos dá a mão
e não aquele que tira proveito de uma situação

Amigo é aquele que sabe compreender
quando estamos revoltados, porque entendemos
errado algo que ele falou que não foi do nosso agrado.
Amigo é aquele que tolera as injustiças que fazemos
Quando ele apenas quer nos ver em paz

Amigo é aquele que não disputa nosso talento
e o nosso sucesso e sim aquele que deseja que sejamos cada dia mais prósperos, e contribui com o seu incentivo e atitudes
porque só deseja nos ver feliz.

Amigo é aquele que está ao nosso lado
mesmo que estamos equivocados
mas isso não significa que ele esteja de acordo com o equivoco
Ele apenas não faz julgamentos

Amigo é aquele que entende que todos
erramos, mas não devemos ser abandonados,
nos momentos de aflições.
Amigo é aquele que se afasta porque foi traído
mesmo assim é seu amigo e mesmo de longe
continua torcendo por você porque o ama
e sendo seu melhor amigo não lhe deseja mal.

O amigo se afasta para não magoá-lo
porque o amor do amigo é doação
fala com o coração e não com a razão.
amigo é aquele que convive com seus “amigos”
não é possessivo nem quer mostrar que só ele é seu
amigo.
Amigo é aquele que não estimula a nossa vaidade
fazendo elogios na nossa presença a todo tempo
embora os faça para outras pessoas


Amigo é aquele que cala numa discussão
para refletirmos quem tem razão.
Amigo é aquele que ouve uma intriga
mas não vai tirar satisfação
colocando mais fogo na situação.

Amigo é aquele que convive na nossa família, mas não se envolve nos problemas. Ouve os desabafos sem dar opinião
dizendo que está com a razão.

Amigo é um anjo? Sim, amigo é um anjo.
um anjo de amor e perdão que Deus
colocou na nossa vida para aprendermos
cuidarmos e sermos felizes juntos.
Autor: desconhecido

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Gestos sagrados!!

Dentro de um contexto social, cultural e religioso, os gestos tem uma grande força comunicativa. As vezes valem mais do que palavras. Os gestos, quando aceitos dentro de um grupo social, identificam esse grupo. É o que acontece entre adolescentes e jovens. Muitos gestos só eles compreendem. Há gestos que são universalmente conhecidos como o braço estendido pra cima e a mão fechada acompanhada do grito de gol.No ambito religioso os gestos são importantes porque enfatizam os momentos de oração ajudando os fiéis a estarem cada vez mais em sintonia com o transcendente. Cada tradição religiosa adota gestos específicos que a identifica. No islamismo, o fiel leva consigo um tapete para cinco vezes ao dia, ajoelhar-se nele e fazer reverencias a Alá com os braços estendidos para cima e para baixo. Os católicos gostam de rezar o pai-nosso de mãos dadas, de olhos fechados,etc; Os judeus costumar reunir-se em torno da mesa para fazer suas orações; os budistas meditam sentados, com postura ereta, olhos fechados, cantando mantras e fazendo mudras(gestos com as mãos). A diversidade de gestos sagrados é enorme e em diversos contextos. Cabe a cada um de nós conhecer e respeitar o jeito de cada um.

domingo, 3 de abril de 2011

Novos blogs!

Vários alunos e alunas criaram blogs sobre a temática da Campanha. Vou postar os links:


teenstraz.blogspot.com/2011/03/conscienciaambiental.html


Esse é o blog da Talita, 9º B.

O blog de Jardel, Maria da Penha, Rayana Alves e Ana Paula do 9º B é

blogcampdafraternidade.blogspot.com

Tem também o blog de Jessika Cavalcante, Mylena Barbosa e Anny Karolinny que é


preservaodoplanetaterra.blogspot.com


Tem também o blog de Jean, Railson, Carlos Henrique, Antônio Gustavo, Igor , Mateus e Italo que é

cuidedoplaneta.blogspot.com


colegiodeaplicação9a.blogspot.com

Vamos cantar a música da Campanha?

video

Essas imagens foram selecionadas por Laleska e Suênia, alunas do 9º ano. Passei em algumas outras turmas! Ficou muito legal. Tirei esse material do portal kairóshttp://www.portalkairos.net/campanhadafraternidade/2011/campanhadafraternidade2011_letras.asp


Tema: Fraternidade e a vida no planeta
Lema: A criação geme em dores de parto (Rm 8,22)

1. Olha, meu povo, este planeta terra:
Das criaturas todas, a mais linda!
Eu a plasmei com todo amor materno,
Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)

Nossa mãe terra, Senhor,
Geme de dor noite e dia.
Será de parto essa dor?
Ou simplesmente agonia?!
Vai depender só de nós!
Vai depender só de nós!

2.A terra é mãe, é criatura viva;
Também respira, se alimenta e sofre.
É de respeito que ela mais precisa!
Sem teu cuidado ela agoniza e morre.

3.
Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...
Que a fome mata e a miséria humilha.
Eu sonho ver um mundo mais humano,
Sem tanto lucro e muito mais partilha!

4.Olha as florestas: pulmão verde e forte!
Sente esse ar que te entreguei tão puro...
Agora, gases disseminam morte;
O aquecimento queima o teu futuro.

5.Contempla os rios que agonizam tristes.
Não te incomoda poluir assim?!
Vê: tanta espécie já não mais existe!
Por mais cuidado implora esse jardim!

6.A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
Quero essa terra em plena gestação!

Campanha da Fraternidade 2011



A campanha da fraternidade é um tema comum a todas as turmas de Ensino Religioso.Do 6º ao 9º ano promovemos momentos de reflexão sobre o tema que é "FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA" e o lema " A criação geme em dores de parto". A primeira atividade é observar o cartaz da campanha e fazer uma leitura das imagens. Coloquei algumas perguntas para ajudar na reflexão.
1- O que você observa no 2º plano da imagem? O que isso representa pra você?
2- E no primeiro plano. o que você percebe? Que isso significa?
3- A que se deve tantas enchentes, tsunamis, desabamentos, etc? Será castigo de Deus ou fruto da ação humana? O que você acha disso?
4- Elabore uma apresentação de alguns problemas ambientais pelos quais a terra passa e algumas propostas de como fazer para que diminua ou solucione tais problemas.


Depois disso vários alunos apresentaram cartazes, videos, blogs. Foi uma reflexão bacana. Os alunos se envolveram

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Início das aulas, quanta euforia!

O primeiro dia de aula é realmente um dia de muita ansiedade e expectativa. A primeira aula pra mim, é fundamental. A partir dela define-se bem como serão as seguintes. Por isso faço dela, sempre, um momento de acolhida, bem-estar, descontração. Procuro conquistar o meu aluno pois ele chega na escola bem receptivo, empolgado. e não quero que ele saia decepcionado. Geralmente começo a aula dando as boas vindas, lendo ou distribuindo uma mensagem, e aplicando uma dinâmica de quebra-gelo e entrosamento. Foi assim na primeira aula de todas as minhas turmas. Eles gostaram e eu fiquei satisfeita.
A mensagem, postada em diversos blogs e sites, é aquela das duas crianças patinando no lago congelado.
"Conta certa lenda chinesa que estavam duas crianças patinando em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação. De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água.
A outra criança vendo que seu amiguinho se afogava debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar o amigo. Suas mãos estavam feridas e doía muito todo o seu corpo.
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo com essa pedra e suas mãos tão pequenas!
Nesse instante apareceu um ancião e disse:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos olharam para ele aguardando a resposta. O ancião calou por alguns segundos e demonstrando toda sua experiência então respondeu:
- Ele conseguiu apenas porque não havia ninguém por perto para dizer-lhe que ele não seria capaz."

A seguir, fiz um comentário sobre a capacidade que cada um tem de fazer o que quiser na vida. Disse que são as nossas escolhas que vão fazer a diferença em nosso futuro e que não podemos deixar que ninguém diga que não somos capazes.A vida NÃO é fácil mas é possível realizar nossos sonhos desde que acreditemos em nossa capacidade.

Em seguida apliquei a dinâmica da bolinha.Dentro dela coloquei dez fichas numeradas de 1 a 10. Ao som de música, a bola deveria rolar pelas mãos dos alunos que devem estar em círculo. Fico de costas para eles e controlo o som. Quando a música para o aluno abre a caixa, tira uma ficha e me diz o número contido nela. Eu leio o que está escrito em meu caderno em relação ao número dito e o aluno tem que realizar a tarefa pedida. A dinâmica é a mesma para todas as turmas. O que muda é a relação de tarefas que é específico para cada ano. Em todas que fiz, os alunos adoraram.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um novo ano, novos desafios!


2011 com certeza promete nos trazer muitos desafios!Mas,como nada nesta vida vem com facilidade, é preciso ter atitude resiliente em tudo o que fizermos.Então não podemos desanimar! Vamos fazer nossa parte para que o ensino religioso nas escolas não perca sua força. De cada conteúdo trabalhado em 2011, procurarei adicionar sugestões de atividades para cada ano! Vamos ao trabalho!FELIZ 2011.

A rocha no Caminho (para refletir)


Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra no meio de uma estrada. Naquele momento ele se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou se quer remover a pedra dali.
De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa pedra, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a pedra dali. Após muita força e suor, ele finalmente, com muito jeito, conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele voltou a pegar a sua carga de vegetais, mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. Foi até ela e viu que a bolsa continha muitas moedas de ouro, e um bilhete escrito pelo rei que dizia: Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição...Pense Nisto... Aquele acontecimento que para você é tão horrível neste momento de sua vida, veio até você para ajudá-lo a crescer! Talvez ele seja a pedra para você ir em busca de algo mais, que pode levar você a uma vida melhor e a conseguir suas realizações!

Diversidade religiosa

Loading...

Para você refletir

A FLOR E O ARROZ

Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se vira para o chinês e pergunta:

- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz? E o chinês responde:

- Sim, quando o seu vier
cheirar as flores.

Moral da História: "Respeitar as opções do outro, em qualquer
aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente. Portanto, nunca julgue. Apenas tente compreender