domingo, 20 de fevereiro de 2011

Início das aulas, quanta euforia!

O primeiro dia de aula é realmente um dia de muita ansiedade e expectativa. A primeira aula pra mim, é fundamental. A partir dela define-se bem como serão as seguintes. Por isso faço dela, sempre, um momento de acolhida, bem-estar, descontração. Procuro conquistar o meu aluno pois ele chega na escola bem receptivo, empolgado. e não quero que ele saia decepcionado. Geralmente começo a aula dando as boas vindas, lendo ou distribuindo uma mensagem, e aplicando uma dinâmica de quebra-gelo e entrosamento. Foi assim na primeira aula de todas as minhas turmas. Eles gostaram e eu fiquei satisfeita.
A mensagem, postada em diversos blogs e sites, é aquela das duas crianças patinando no lago congelado.
"Conta certa lenda chinesa que estavam duas crianças patinando em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação. De repente, o gelo se quebrou e uma das crianças caiu na água.
A outra criança vendo que seu amiguinho se afogava debaixo do gelo, pegou uma pedra e começou a golpear com todas as suas forças, conseguindo quebrá-lo e salvar o amigo. Suas mãos estavam feridas e doía muito todo o seu corpo.
Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino:
- Como você conseguiu fazer isso? É impossível que você tenha quebrado o gelo com essa pedra e suas mãos tão pequenas!
Nesse instante apareceu um ancião e disse:
- Eu sei como ele conseguiu.
Todos olharam para ele aguardando a resposta. O ancião calou por alguns segundos e demonstrando toda sua experiência então respondeu:
- Ele conseguiu apenas porque não havia ninguém por perto para dizer-lhe que ele não seria capaz."

A seguir, fiz um comentário sobre a capacidade que cada um tem de fazer o que quiser na vida. Disse que são as nossas escolhas que vão fazer a diferença em nosso futuro e que não podemos deixar que ninguém diga que não somos capazes.A vida NÃO é fácil mas é possível realizar nossos sonhos desde que acreditemos em nossa capacidade.

Em seguida apliquei a dinâmica da bolinha.Dentro dela coloquei dez fichas numeradas de 1 a 10. Ao som de música, a bola deveria rolar pelas mãos dos alunos que devem estar em círculo. Fico de costas para eles e controlo o som. Quando a música para o aluno abre a caixa, tira uma ficha e me diz o número contido nela. Eu leio o que está escrito em meu caderno em relação ao número dito e o aluno tem que realizar a tarefa pedida. A dinâmica é a mesma para todas as turmas. O que muda é a relação de tarefas que é específico para cada ano. Em todas que fiz, os alunos adoraram.

5 comentários:

paulafofa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carol Santos disse...

Bom, a dinamica da bolinha foi meio muito interessante de fazercomque os alunos se comunicassem, se conhecessem melhor , do que gosta e do que não gosta foi muito Bom !:D

ennery disse...

Eu adorei a dinamica de adivinha o que o aluno fazia .ele lia uma fraze e tinha que fazer para os alunos adivinha.foi muito engraçado!
:)

Suylla disse...

o primeiro dia de aula de ensino religioso foi muito legal..gostei muito...tbm na sala era a mais que fala gritava as perguntas foram muito bem feitas gostei bastante..pq tbm nos a judou a se unir mais a sala ter mais união com os amigo e ter a oportunidade de conheser cada um ....foi muito divertida ...gostei muito!:D

Prof. Bernadete Albino disse...

OLá queridos alunos! Obrigada pela participação! Isso me desafia a cada vez mais criar e buscar outras dinâmicas. Todas elas tem objetivos específicos dentro da aula. Geralmente torna-se o ponto inicial para o tema que quero abordar!!Xero no coração;D!

A rocha no Caminho (para refletir)


Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra no meio de uma estrada. Naquele momento ele se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou se quer remover a pedra dali.
De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa pedra, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a pedra dali. Após muita força e suor, ele finalmente, com muito jeito, conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele voltou a pegar a sua carga de vegetais, mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. Foi até ela e viu que a bolsa continha muitas moedas de ouro, e um bilhete escrito pelo rei que dizia: Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição...Pense Nisto... Aquele acontecimento que para você é tão horrível neste momento de sua vida, veio até você para ajudá-lo a crescer! Talvez ele seja a pedra para você ir em busca de algo mais, que pode levar você a uma vida melhor e a conseguir suas realizações!

Diversidade religiosa

Loading...

Para você refletir

A FLOR E O ARROZ

Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se vira para o chinês e pergunta:

- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz? E o chinês responde:

- Sim, quando o seu vier
cheirar as flores.

Moral da História: "Respeitar as opções do outro, em qualquer
aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente. Portanto, nunca julgue. Apenas tente compreender